Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.      

Escrevendo o Futuro e BNCC

Inicio do conteudo
Assunto: null
Autora: Patrícia Calheta
15 Maio 2018

Esse texto tem como desafio dialogar a respeito da articulação entre os materiais e recursos disponíveis no Portal Escrevendo o Futuro - produzidos ao longo de 16 anos do Programa Escrevendo o Futuro, com cinco edições da Olimpíada de Língua Portuguesa - e a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Fundamental, homologada em 20 de dezembro de 2017.

Como você, leitor, poderá logo observar, há variadas formas de apreciação das informações e reflexões aqui apresentadas, uma vez que cada um de vocês, em função do particular conhecimento e interesse, tomará decisões, no sentido de ler - ou não - sobre um determinado foco do texto, valendo-se, como anunciou Daniel Pennac, de um “direito do leitor”: “o direito de pular páginas”!

Quando Pennac escreveu “Como um romance”, em 1993, utilizou a expressão “pular página” filiado à cultura do escrito/impresso, mais distante, portanto, dos contemporâneos textos multimodais, mas, ainda assim, aqui será empregado como forma de fazer valer o trabalho que, como educadores, tanto defendemos: diante da possibilidade de leitura de um texto, é fundamental convocar diferentes habilidades, tais como, ativar conhecimentos prévios, eleger objetivo(s), antecipar e checar hipóteses, estabelecer relações intertextuais e interdiscursivas, realizar diferentes movimentos apreciativos, entre tantas outras, a fim de trilharmos o caminho mais significativo, e não necessariamente linear, para a construção de sentidos.

Tomados, então, pela condição plural de “percursos leitores”, seguiremos para os principais pontos de encontro entre a BNCC e o Programa Escrevendo o Futuro.   

 

Uma Base, muitas articulações

Em uma primeira análise, de um ponto de vista mais geral, considerando o contexto de produção de cada um dos materiais e recursos do Programa Escrevendo o Futuro, constatamos a presença de variadas possibilidades de compreender e, sobretudo, de compor práticas didáticas vinculadas a princípios e diretrizes anunciados na BNCC, tomando como referência o trabalho do professor do Ensino Fundamental.

Dentro dessa perspectiva, lançando um olhar para a apresentação do componente Língua Portuguesa da BNCC e as publicações do Programa, vislumbramos a condição de estabelecer relações de convergência entre variadas noções – atreladas ao conjunto de pressupostos teóricos defendidos - das quais se destacam (clique nas palavras abaixo para visualizar):

  • Linguagem
  • Práticas de linguagem
  • Texto
  • Letramentos
  • Campos de atuação

 

As noções e as possíveis relações acima destacadas evidenciam, particularmente, a aderência teórica do Programa Escrevendo o Futuro às determinações da BNCC, no que concerne tanto aos pressupostos da perspectiva enunciativo-discursiva de linguagem quanto ao olhar articulado para as práticas de leitura/escuta, produção (escrita e multissemiótica), oralidade e análise linguística/semiótica no trabalho de ampliação dos letramentos.

Em uma segunda análise, agora mais centrada nos produtos disponibilizados no Portal Escrevendo o Futuro, é possível compor uma “organização didática”, a qual contempla a divisão em dois grandes grupos de contribuições ao fazer pedagógico: as questões de natureza teórico-metodológica e a produção de materiais de apoio da prática educativa.

No primeiro grupo, encontram-se (clique nas palavras abaixo para acessar):

Cursos on-line - Sequência didática: aprendendo por meio de resenhas, Caminhos da Escrita, Leitura vai, escrita vem: práticas em sala de aula e Avaliação textual: análises e propostas

Biblioteca - Revista Na Ponta do Lápis e Banco Acadêmico

Especiais - Especial Avaliação de Textos e Especial Relatos de Prática

Seções interativas - Percursos Formativos, Pérolas da Imaculada, Pergunte à Olímpia

Literatura em Movimento

Lente de aumento na escrita

Seminário Nacional Escrevendo o Futuro

 

Já no segundo grupo, estão situados os seguintes materiais para o professor (clique nas palavras abaixo para acessar):

Coleção da Olimpíada - Cadernos do Professor

Especiais por gênero – turbine suas oficinas

Planos de Aula/Pautas de formação

Vídeos “Escrevendo na sala de aula”

Projetos de escrita

 

O Portal Escrevendo o Futuro revela-se como uma fonte amplamente favorável à reflexão sobre os dizeres da BNCC. Assim, do primeiro grupo, merecem particular ênfase os cursos virtuais Sequência didática: aprendendo por meio de resenhas e Caminhos da Escrita, por não apenas oferecerem a precisa apresentação e discussão das principais concepções teóricas para o trabalho educativo, mas também por evidenciarem um consistente desdobramento metodológico.

Assim, tal qual evidenciado no vídeo de apresentação do curso virtual “Sequência didática: aprendendo por meio de resenhas” e na palestra proferida pelo Prof. Dr. Joaquim Dolz, busca-se retratar as noções teóricas centrais da perspectiva enunciativo-discursiva, elegendo a sequência didática como uma potencial modalidade organizativa da prática pedagógica, reveladora do passo a passo para o efetivo ensino de gêneros do discurso:

Curso SD Resenhas: vídeo de abertura

Seminário 2015 - Palestra Prof. Joaquim Dolz (1/3)

Seminário 2015 - Palestra Prof. Joaquim Dolz (2/3)

 

Uma outra possibilidade de responder, de modo significativo, às demandas metodológicas convocadas por princípios e diretrizes da BNCC, encontra-se no curso virtual “Caminhos da Escrita”, o qual apresenta a elaboração e a discussão de projetos de práticas de letramento como centro das reflexões, a partir da pedagogia dos multiletramentos:

Pedagogia dos Multiletramentos - Parte1

Pedagogia dos Multiletramentos - Parte2

Para finalizar, cabe salientar um dos produtos do segundo grupo: as preciosas contribuições contidas na Coleção da Olimpíada – Cadernos do Professor, voltada aos quatro gêneros eleitos para o concurso de textos (Poema, Memórias Literárias, Crônica e Artigo de Opinião), especialmente pelo fato de ilustrarem – com uma diversidade de atividades, textos, áudios, jogos de aprendizagem e vídeos – as ações em sala de aula, favorecendo a dupla formação, ou seja, do professor (já que há inúmeros exemplos de textos analisados e comentados, assim como o anúncio dos principais pontos de destaque e os objetivos de cada oficina para o ensino do gênero) e do aluno (por contar com uma variedade de recursos, capazes de otimizar o aprendizado do gênero, contemplado pela articulação das práticas de linguagem).

Considerações Finais

No decorrer do texto, buscou-se dar visibilidade à essência dessa reflexão – algumas possíveis articulações entre o Programa Escrevendo o Futuro e a BNCC – com vistas a favorecer a análise de diversos leitores, dos mais aos menos familiarizados com o Programa.

Entendemos que muitas outras investigações e diversificados apontamentos poderiam ser alvo desse exercício reflexivo, mas esperamos ter promovido um “movimento de aproximação”, capaz de enaltecer a pertinência e a qualidade das publicações aqui exploradas, especialmente em tempos de processos de implementação da BNCC nas escolas de todo o país. 


Conteúdo relacionado

Mais conteúdos sobre o Assunto

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

Fim do conteudo.
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé